O programa articula-se com a pesquisa institucional desenvolvida pela professora coordenadora e também com disciplinas ofertadas na graduação e pós-graduação. A indissociabilidade entre os eixos da pesquisa, ensino e extensão tem gerado também a publicação de artigos, participação em eventos acadêmicos, orientações na graduação (trabalhos de conclusão de curso e projetos de iniciação científica com bolsas Faperj, CNPq/Unirio) e pós-graduação.

Ao longo dos últimos anos, a coordenação e estudantes participaram de diversos encontros acadêmicos, tais como: Semana Nacional de Ciência em Tecnologia, Semana de Integração Acadêmica (evento anual/UNIRIO), edições do Congresso da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas – ABRACE (evento bienal); Simpósio Internacional Brecht (UFRGS – 2013); Seminário Internacional de Teatro na Comunidade (UDESC-2013); Congresso Brasileiro de extensão universitária – CBEU (UFPA – 2014); II Encontro Internacional sobre práticas artísticas comunitárias (Porto, 2017); 1º Seminário Nacional de Educação Teatral – UFSJ – Universidade Federal de São João Del Rei (2017).

Desde de 2013, por meio do Latin American and Caribbean Studies e do Prison Creative Arts Project, o programa desenvolve intercâmbio artístico e acadêmico com a Universidade de Michigan. Recebendo a visita de professores e estudantes americanos e também viajando para os EUA (2013 e 2015). Em 2018, três estudantes viajarão para Michigan. Mais informações sobre o intercâmbio: http://global.umich.edu/newsroom/escapando-com-o-teatro/

Desde 2015 o programa representa na UNIRIO no Projeto LASIN – Latin American Social Innovation Network (com o apoio da Comissão Europeia e coordenação Universidade Caledônia de Glasgow, o projeto envolve um consórcio de treze parceiros, incluindo onze universidades, dentre as quais está a UNIRIO.  Em 2018, uma estudante viajará para uma das universidades parceiras da rede, na Espanha. Mais informações: http://lasin-eu.org/es/proyecto-teatro-para-las-comunidades-expande-sus-actividades-en-rio-de-janeiro